22 junho, 2024 às 14:30 na Embaixada da Russia (Rua Visconde de Santarém 71, Lisboa) haverá 🙋 64ª Manifestação semanal

14 outubro, 2023 ⏱ 14:30
, 📍 Rua Visconde de Santarém 69, Lisboa

Reunimo-nos hoje aqui para discutir três temas. Todos os sábados, vimos aqui para a nossa reunião semanal. Hoje, há muitos temas tristes.

Inicialmente, planejávamos nos reunir para falar sobre os 1000 dias em que Alexei Navalny esteve na prisão, depois de retornar à Rússia após ser envenenado com Novichok. Nesta semana, o regime criminoso de Putin aprisionou advogados por se comunicarem com Navalny.

No sábado passado, ocorreu um ataque terrorista do Hamas contra Israel. Mais de 1200 israelenses morreram naquele dia. Queremos apoiar Israel porque ele luta contra o terrorismo, enquanto o nosso regime é amigo do regime do Irã e é amigo do Hamas. O Irã também é amigo do Hamas. Hoje, soube-se que o Hamas agradeceu a Putin pelo apoio. Anteriormente, o Hamas também agradeceu ao Irã. O Irã negou essas palavras, mas o fato é que eles se ajudam mutuamente, e não se sabe como isso terminará. Queremos expressar nosso apoio a Israel em sua luta pela sobrevivência. Além disso, o Hezbollah ameaça Israel pelo norte. Pode ser uma guerra muito difícil e pesada.

E como sempre, apoiamos a Ucrânia em sua luta contra nosso tirano, que ameaça destruir o mundo não apenas com armas nucleares, mas de várias outras maneiras. Queremos apoiar a Ucrânia em sua luta contra nosso regime ditatorial e afirmar que o regime atual na Rússia é ilegítimo, falsificando eleições há muitos anos, e não representa nem a nós nem a muitos dos russos. A Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa aprovou uma resolução que classifica a Rússia como uma ditadura e Putin como um ditador no caso de sua vitória nas eleições de 2024. Esperamos que parem de lidar com Putin, de dar-lhe dinheiro para a guerra e de ajudar a matar ucranianos.

Acreditamos que esse regime deve desaparecer. Acreditamos que Putin deve estar no banco dos réus em Haia por todos os seus crimes, e todos os outros criminosos de guerra devem ser entregues a um julgamento justo, para que seja evidente a que levam regimes como o atual na Rússia.

Visite o nosso site em
adrl.pt, siga-nos nas redes sociais e confira o nosso catálogo de iniciativas - reunimos um catálogo interessante de diferentes iniciativas de vários países, às quais você pode se juntar e ajudar a sociedade civil. Além disso, na página inicial do nosso site, encontrará um link para uma petição que criamos para estimular o diálogo político e promover a união das pessoas, tornando a sociedade civil mais forte. E, na página inicial, também encontrará um link para a campanha de arrecadação de fundos que a Russie-Libertes está realizando, uma associação francesa de russos livres. Você poderá fazer doações para apoiar a campanha SaveChildrenFromPutinism, que ajuda a encontrar e trazer de volta as crianças roubadas da Ucrânia, bem como para fundos que ajudam as crianças de presos políticos na Rússia. Também em nosso site, publicamos um apelo do "Primeiro Departamento" em apoio aos advogados que estão atualmente sendo reprimidos na Rússia. Isso nunca aconteceu nem mesmo nos tempos soviéticos. Os advogados são independentes e não podem ser responsabilizados por exercerem sua profissão, defendendo seus clientes. Assine este apelo.

< >