22 junho, 2024 √†s 14:30 na Embaixada da Russia (Rua Visconde de Santar√©m 71, Lisboa) haver√° ūüôč 64¬™ Manifesta√ß√£o semanal

ūüôč 39¬™ Reuni√£o semanal

30 dezembro, 2023 ‚ŹĪ 14:30
Embaixada da Russia, ūüďć Rua Visconde de Santar√©m 69, Lisboa

Este ano organizamos mais de 50 ac√ß√Ķes, espect√°culos, manifesta√ß√Ķes e piquetes com centenas de participantes em tr√™s cidades de Portugal. As nossas redes sociais t√™m mais de 800 seguidores e a nossa peti√ß√£o de apoio √† sociedade civil reuniu mais de 1000 assinaturas.

Fazemos donativos para a defesa e reconstru√ß√£o da Ucr√Ęnia, participamos numa associa√ß√£o internacional de ativistas, apoiamos o Comit√© Anti-Guerra, o Fundo de Combate contra a Corrup√ß√£o e o Batalh√£o Siberiano. Os nossos v√≠deos, em que ajudamos a contrariar a propaganda do Putinismo e propaga√ß√£o da desinforma√ß√£o n√£o s√≥ na R√ļssia, mas tamb√©m em Portugal, t√™m sido vistos por dezenas de milhares de pessoas.

Agradecemos por estarem connosco! Fizemos estas conquistas juntos!

Este ano, juntamo-nos ao Comit√© Anti-Guerra para apoiar a ideia de cria√ß√£o de um centro forte e unido da oposi√ß√£o russa que seja mais atrativo para a maioria de pessoas. Idealmente, este centro poderia tornar-se o governo de uma nova R√ļssia no ex√≠lio, que assumiria o controle quando o regime atual cair. Claro, com o vosso apoio. N√≥s ajudamos os nossos pol√≠ticos a comunicarem com os funcion√°rios europeus sobre os problemas da imposi√ß√£o de san√ß√Ķes bem √†s fraquezas do regime e como sobre as vossas preocupa√ß√Ķes.

O ano passado foi difícil. Muitos dos que lutaram e continuam a lutar sentiram-se esgotados, desanimados e impotentes. Mas é difícil imaginar notícias mais pesadas do que o início de uma invasão em grande escala e as atrocidades do exército russo em Bucha e Irpin a que assistimos no ano passado.

Na origem desta grande guerra s√£o um sistema de atitudes que inclui o √≥dio √†queles que, de alguma forma, s√£o diferentes - t√™m um aspeto diferente, pensam de forma diferente, falam de forma diferente, assim como a toler√Ęncia √† corrup√ß√£o e a priva√ß√£o dos direitos civis e humanos.

A nossa tarefa no pr√≥ximo ano √© continuar a ajudar aqueles que se op√Ķem ao regime, muitas vezes √† custa das suas vidas, e encontrar formas de persuadir mais pessoas a opor-se abertamente ao atual regime de Putin. Estamos j√° a preparar as pr√≥ximas grandes ac√ß√Ķes e projectos sobre este tema.

Por √ļltimo, gostar√≠amos de desejar a todos um Feliz Ano 2024! Desejamos a todos n√≥s um r√°pido fim da guerra, a queda do regime de Putin e a chegada da paz!

Vamos fazer ainda mais no novo ano! Juntem-se a nós! Juntos venceremos!

< ūüôč 38¬™ Reuni√£o semanal ūüôč 40¬™ Reuni√£o semanal >