22 junho, 2024 √†s 14:30 na Embaixada da Russia (Rua Visconde de Santar√©m 71, Lisboa) haver√° ūüôč 64¬™ Manifesta√ß√£o semanal

ūüôč 49¬™ Manifesta√ß√£o semanal

9 mar√ßo, 2024 ‚ŹĪ 14:30
Embaixada da Russia, ūüďć Rua Visconde de Santar√©m 69, Lisboa

Continuam os preparativos para a a√ß√£o "Meio-dia contra Putin". O grupo paramilitar "Wagner" est√° a ser recriado em √Āfrica.

Est√£o a ver not√≠cias da manifesta√ß√£o semanal em frente √† Embaixada da R√ļssia em Lisboa. Hoje, 9 de mar√ßo, 14:30.

O assassinato de Alexei Navalny deixou muita gente de rastos. Os estrategistas políticos do Kremlin estão a tentar tirar partido disso. De vez em quando surgem textos a dizer que tudo está perdido e que Putin ganhou.

Em resposta √† nossa a√ß√£o "Ficar calado n√£o significa concordar", em apoio √†queles que n√£o desistem e permanecem na R√ļssia, recebemos centenas de coment√°rios semelhantes dos bots do Kremlin. Est√£o a tentar criar a ideia de que toda a gente na R√ļssia √© a favor de Putin e que aqueles que s√£o contra, s√£o pagos pelos EUA. Activistas de diferentes pa√≠ses relatam tentativas de destrui√ß√£o de monumentos em mem√≥ria do Alexei. Na quinta-feira, houve tamb√©m um ataque ao memorial dedicado √† Navalny em Lisboa.

Mas, ao mesmo tempo, recebemos milhares de "likes" e dezenas de milhares de visualiza√ß√Ķes da vossa parte, daqueles que n√£o desistem. Os memoriais em todo o mundo est√£o rodeados de muitas flores frescas. E a campa do Alexei em Moscovo est√° literalmente coberta de flores. A declara√ß√£o mais comovente na sua campa diz: "Cobriremos-te t√£o calorosamente, que toda a R√ļssia ficar√° aquecida".
twitter.com/ne_buhai/status/1764622947279393165

Os preparativos para a campanha "Meio-dia contra Putin" est√£o a decorrer bem. Em Lisboa, o local de voto ter√° lugar na Embaixada. A lei n√£o obriga registrar-se oficialmente num local de voto (os cidad√£os russos podem escolher qualquer local de voto), mas muitas pessoas consideram que vale a pena faz√™-lo para que haja vota√ß√Ķes suficientes. No seu recente discurso, Yulia Navalnaya tamb√©m apoiou esta a√ß√£o.
www.youtube.com/watch?v=93hgn6hrzUI

Para maximizar a cobertura deste evento, precisamos da ajuda de todos. √Č importante, porque em breve poder√° ser necess√°rio passar a informa√ß√£o de pessoa para pessoa, tal como se distribu√≠a o samizdat (livros proibidos durante a Uni√£o Sovi√©tica que passavam de m√£o em m√£o). Mikhail Klimarev, diretor da "Sociedade para a Defesa da Internet" disse no programa "Feigin Live" que o bloqueio do YouTube e de toda a Internet j√° est√° a ser testado na R√ļssia.
www.youtube.com/watch?v=KVEazCqC9dU

J√° fal√°mos anteriormente sobre o fornecimento de armas √† R√ļssia pela Coreia do Norte e pelo Ir√£o. Tamb√©m est√° a decorrer o recrutamento de mercen√°rios em v√°rios pa√≠ses, muitas vezes sem o consentimento das respectivas autoridades. No final de janeiro, a Associated Press noticiou que o Minist√©rio dos Neg√≥cios Estrangeiros do Nepal exigiu o regresso de cerca de 200 recrutados nepaleses.
apnews.com/article/nepal-fighters-russia-ukraine-war-e57a45645666d02651f6efed4e3f21ae

Tamb√©m no final de janeiro, The Moscow Times, citando a Bloomberg, noticiou que o Minist√©rio da Defesa russo est√° a formar um Corpo Africano com os antigos membros do grupo paramilitar privado Wagner. Est√° prevista a cria√ß√£o de um corpo de 20.000 pessoas em cinco pa√≠ses africanos "amigos" da R√ļssia, daqui o ver√£o.
t.me/moscowtimes_ru/18892

Cada vez mais pessoas percebem que sem participa√ß√£o ativa, n√£o s√≥ o regime actual n√£o mudar√°, mas tamb√©m poder√£o acabar por viver num mundo governado pelo Putin e os seus amigos ditadores. Anastasia Sergeeva, do Conselho C√≠vico, publicou um apelo para que n√£o se desista. O Conselho C√≠vico ajuda os volunt√°rios russos a juntarem-se ao Batalh√£o Siberiano que faz parte das for√ßas armadas ucranianas. Este batalh√£o tornar-se-√° a espinha dorsal do ex√©rcito e das for√ßas de seguran√ßa da "linda R√ļssia do futuro" em que acreditava Alexei Navalny.
www.facebook.com/share/p/V3ibeJw48RkXpWfQ

Nós também não desistimos. Continuamos a apoiar todas as formas de resistência ao regime criminoso de Putin. Junte-se a nós!

< ūüôč 48¬™ Manifesta√ß√£o semanal ūüôč 50¬™ Manifesta√ß√£o semanal >