22 junho, 2024 √†s 14:30 na Embaixada da Russia (Rua Visconde de Santar√©m 71, Lisboa) haver√° ūüôč 64¬™ Manifesta√ß√£o semanal

ūüôč 55¬™ Manifesta√ß√£o semanal

20 abril, 2024 ‚ŹĪ 14:30
Embaixada da Russia, ūüďć Rua Visconde de Santar√©m 69, Lisboa
ūüôč 55¬™ Manifesta√ß√£o semanal

Bombardeamento de edif√≠cios residenciais na Ucr√Ęnia. Ofensiva de propaganda russa. Projeto de lei sobre os "agentes estrangeiros" na Ge√≥rgia.

Est√° a ver as not√≠cias da manifesta√ß√£o semanal em frente √† Embaixada da R√ļssia em Lisboa. Hoje, 20 de abril, 14:30.

A cidade ucraniana de Dnipro está hoje de luto. Um ataque russo matou oito pessoas, incluindo duas crianças, e 34 pessoas ficaram feridas.
t.me/astrapress/53729?single

Chernihiv esteve de luto h√° dois dias. Tr√™s m√≠sseis russos atingiram uma zona densamente povoada perto do centro da cidade. O relatorio datado do 17 de abril reporta 17 vitimas mortais e 61 feridos. O Presidente ucraniano Volodymyr Zelensky escreveu no seu Canal Telegrama que: "... Isto n√£o teria acontecido se a Ucr√Ęnia tivesse recebido defesa a√©rea suficiente..."
www.bbc.com/russian/articles/c0de1307xeko

Recorde-se que, em fevereiro, numa entrevista ao canal de televisão Zvezda, o Capitão de 1ª classe do exército russo Igor Krokhmal descreveu a forma como os mísseis visam e atingem com sucesso as entradas de edifícios residenciais.
war.obozrevatel.com/esli-ne-v-etot-podezd-to-v-sosednij-popadet-rossijskij-komandir-priznalsya-chto-tselyami-ih-raket-yavlyayutsya-mnogoetazhnyie-doma-video.htm

Os ataques de propaganda tamb√©m se intensificaram. Em fevereiro de 2023, o NewsGuard, um s√≠tio Web que rastreia a propaga√ß√£o da desinforma√ß√£o, informou que os supostos "document√°rios" d o canal propagandista russo, Russia Today (RT), tinham sido carregados em mais de 100 canais do YouTube. Estes filmes continham alega√ß√Ķes deliberadamente falsas de que "as autoridades ucranianas estavam a cometer 'genoc√≠dio' de cidad√Ķes russofalantes em Donbass e que o nazismo era 'galopante' na pol√≠tica e na sociedade ucranianas".
www.golosameriki.com/a/europe-didn-t-ban-rt-for-telling-the-truth/7193795.html

No dia 6 de abril, teve lugar em Roma uma ação contra a propaganda russa organizada pela Associação Cristã de Ucranianos em Itália, onde foi exibido o filme "Donbass: Yesterday, Today, Tomorrow", produzido pelo canal de propaganda RT. Nesta ação participaram mulheres do Donbass, activistas da comunidade "Russos contra a guerra", assim como partidos italianos.

As projec√ß√Ķes dos filmes como "Donbass", "Witness" e as confer√™ncias com a participa√ß√£o de pessoas como Dugin e outros... s√£o armas da guerra h√≠brida que o Kremlin usa n√£o s√≥ contra a Ucr√Ęnia, mas contra todo o Ocidente". - afirmaram os manifestantes.
t.me/FreeRussiansGlobal/6345

O cr√≠tico de cinema Ivan Filippov chamou ao filme "Witness" pura propaganda numa entrevista √† publica√ß√£o "Real Time". O filme difunde "a narrativa de que a Ucr√Ęnia ia atacar primeiro".
www.currenttime.tv/a/eto-filmy-ne-dlya-zarabotka-s-prokata-kinokritik-ivan-filippov-obyasnyaet-kto-i-pochem-delaet-kinopropagandu-rossii-o-voyne-v-ukraine/32547182.html

No dia 17 de abril, o parlamento da Ge√≥rgia votou em primeira leitura a favor do projeto de lei sobre "agentes estrangeiros". O projeto foi apresentado pelo partido " O Sonho da Georgia", que foi acusado de simpatizar com a R√ļssia. Cerca de 10.000 manifestantes foram dispersos pela pol√≠cia.
www.youtube.com/watch?v=8ocgS3rbqnE

A primeira vers√£o da legisla√ß√£o sobre agentes estrangeiros na R√ļssia foi publicada em 2012. Na altura, para muitos, parecia que n√£o os afectava. Depois, a lei come√ßou a criar dificuldades no trabalho dos media.
meduza.io/feature/2022/07/20/10-let-nazad-v-rossii-prinyali-pervyy-zakon-ob-inostrannyh-agentah

O primeiro processo penal ao abrigo desta lei surgiu em 2023.
www.bbc.com/russian/news-64560653

Em 2024, os "agentes estrangeiros" foram proibidos de comprar publicidade e muitas publica√ß√Ķes come√ßaram a falar em encerrar.
www.dw.com/ru/gosduma-rf-ostavila-inostrannyh-agentov-bez-reklamy/a-68415292

O TEDH reconheceu que a lei sobre "agentes estrangeiros" violava os direitos à liberdade de reunião e de associação.
pravo.ru/news/241304/

E uma boa notícia: a PACE anunciou que não reconhece a legitimidade de Vladimir Putin e apelou a cessar todos os contactos com ele, exceto os humanitários.
www.dw.com/ru/pase-obavila-o-nepriznanii-legitimnosti-vladimira-putina/a-68859569

< ūüôč 54¬™ Manifesta√ß√£o semanal ūüôč 56¬™ Manifesta√ß√£o semanal >