22 junho, 2024 às 14:30 na Embaixada da Russia (Rua Visconde de Santarém 71, Lisboa) haverá 🙋 64ª Manifestação semanal

25 novembro, 2023 ⏱ 14:30
, 📍 Rua Visconde de Santarém 69, Lisboa

Noites sem dormir em Silicon Valley por causa do despedimento de Sam Altman. Participação virtual do Putin virtual no G20.

Hoje, 25 de novembro, 14:30. Está a ver as notícias da manifestação semanal em frente à embaixada russa em Lisboa.

No dia 17 de novembro, o conselho de administração da Open AI despediu o diretor executivo Sam Altman. Porém, ele foi readmitido pouco tempo depois. O diretor da empresa de colchões conectados, Matteo Franceschetti, afirmou que a qualidade do sono em São Francisco caiu de 27% no último fim de semana. De acordo com a agência de notícias Reuters, uma das razões para o despedimento foram as dúvidas dos funcionários sobre a segurança de alguns projectos. Estamos a falar em particular do projeto Q Star (Q*), no qual a inteligência artificial foi capaz de aprender não só a reproduzir o que lhe era ensinado, mas também a encontrar soluções para outros problemas de forma independente.

Numa entrevista a Elizabeth Osetinskaya, os irmãos Lieberman, empresários e investidores, afirmaram que a Open AI conseguiu atrair cientistas de renome devido aos mecanismos de segurança incorporados na estrutura desta empresa e que impedem a criação de perigos para a humanidade. Os riscos associados à inteligência artificial incluem a possibilidade da sua utilização para fins maliciosos, provocação de erros ou alucinações, crescimento de desemprego e da desigualdade económica entre países.

É bom ver que os políticos também estão a pensar neste tema. Na conferência da abertura do WebSummit, o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, apelou para as startups a procurarem soluções no âmbito da pobreza, do ambiente, da medicina, da habitação. Sublinhou a necessidade de encontrarem formas de reforçar a democracia. O Ministro da Economia de Portugal, António Costa Silva, disse que se deve olhar para o futuro. Ao contrário da Rússia, que ao iniciar a guerra contra a Ucrânia, virou-se para o passado.

Na Rússia, as melhores realizações da inteligência artificial destinam-se a criar sistemas de classificação social, bloquear Internet e encontrar quem foge ao serviço militar.

Putin orgulha-se do facto de não utilizar a Internet e de obter toda a sua informação em papel. Mas aparentemente ele gosta pelo menos de uma conquista do progresso: realiza reuniões virtuais a partir do seu bunker. Também utiliza frequentemente as chamadas "conservas": gravações antigas com a sua participação, que são emitidas na televisão.

Os ditadores recorrem frequentemente aos duplos. Recentemente, volto-se a falar deste tema. Desta vez, a inteligência artificial japonesa, analisou o rosto e a voz do Putin em gravações e concluiu que ele tem pelo menos um duplo, e provavelmente mais.

No próximo ano vai haver eleições presidenciais na Rússia. Fontes da Reuters confirmaram que o Putin vai candidatar-se. Putin aproveitou a reunião do G20, onde ele ou o seu duplo foram autorizados a falar por videoconferência, para difundir a sua propaganda antes das eleições.

Gostaríamos de sublinhar que as próximas eleições não são légitimas e que os resultados não devem ser reconhecidos. Gostaríamos também de vos recordar a resolução da PACE, que reconhece que a multiplicação de mandatos pelo Putin "viola tanto a Constituição russa, como os princípios legislativos internacionais" e apela à sua detenção com base num mandado emitido pelo Tribunal Penal Internacional pela deportação ilegal das crianças dos territórios ocupados na Ucrânia.

Nossos actividades e catalogo das iniciativas no site:
adrl.pt

Instagram https://www.instagram.com/adrl.pt/

Facebook
www.facebook.com/adrl.pt

Telegram
t.me/adrl_pt

YouTube
www.youtube.com/@adrl_pt

< 🙋 35ª Reunião semanal >